Exclusivo: presos do núcleo especial de custódia do complexo prisional de Aparecida de Goiânia entram em greve de fome

Os presos do núcleo especial de custódia do complexo prisional de Aparecida de Goiânia entram em greve de fome para revindicar inúmeros direitos que estão sendo cerceados naquela unidade prisional. Dentre eles, os mais graves são a restrição das visitas íntimas e dos filhos e da falta de alimentação. As refeições fornecidas pelo estado não são suficientes e naquela unidade não é permitida a entrada de alimentação levada pelos familiares.
A informação foi confirmada por advogados dos reeducandos que atenderam naquela unidade nesta segunda-feira.