Sandro Mabel defende sistema S que é arranca dinheiro dos empresários e é fonte de corrupção

O presidente da Federação da Indústria  do estado de Goiás (Fieg), Sandro Mabel, voltou a criticar a ameaça do governo federal em cortar recursos do Sistema S. Ele se manifestou sobre o assunto nesta segunda-feira (5/8) durante encontro com alunos do Sesi Goiás vencedores do Torneio Aberto de West Virginia, realizado em julho, nos Estados Unidos. Para o presidente da entidade, essa iniciativa do ministro da Economia, Paulo Guedes, se trata de “uma proposta Robin Hood às avessas”.