MP vai investigar escândalo nacional na licitação para contratação de três agências de publicidades por R$ 20 milhões pela prefeitura de Goiânia

O Ministério Público de Goiás (MPGO) instaurou inquérito civil público para apurar escândalo nacional de direcionamento da licitação e conluio entre as vencedoras em certame promovido pela prefeitura de Goiânia para contratando de agência de publicidade no valor de R$ 20 milhões.

O resultado da licitação foi publicado com três meses de antecedência em anúncio classificado publicado no jornal O Popular. Foram contempladas as agências Casa Brasil, Full Propaganda e Stylus Propaganda.

A promotora Marlene Nunes Freitas requisitou à Secretaria de Administração da prefeitura de Goiânia, responsável pela licitação, manifestação por escrito em relação das denúncias, além dos procedimentos administrativos que ensejaram a licitação.