Informado sobre novos protestos em frente à Câmara, Clécio manda fechar prédio

O presidente da Câmara Municipal de Goiânia, vereador Clécio Alves (PMDB), mandou fechar as portas da sede do poder Legislativo da Capital ao meio-dia desta quarta-feira (26) assim que foi informado que novos protestos populares devem acontecer hoje em frente ao prédio da Casa, no período da tarde. Os funcionários foram dispensados.

O fechamento foi comunicado por Clécio aos seus pares por volta das 11 horas em plenário, mas não informou os motivos. Indagado por Djalma Araújo (PT), o presidente disse que liberou os servidores por causa do jogo da seleção brasileira.