Com Caiado ao lado, Bolsonaro defende vaquejadas e diz que não há mais “politicamente correto” no Brasil

“Respeito todas as instituições, mas lealdade eu devo a vocês. O Brasil está acima de tudo. Neste momento em que muitos criticam a festa de peões e a vaquejada, quero dizer com muito orgulho que estou com vocês. Não existe politicamente correto. Existe o que precisa ser feito”, disse o presidente Bolsonaro, na abertura da festa de Barretos (SP) , ao lado de Caiado.