Casa pode cair: Conselho de Ética da AL dá prazo para deputado do chapéu se manifestar em processos que podem resultar em cassação de mandato

O Conselho de Ética da Assembleia abriu prazo que que o deputado Amauri Ribeiro (Patriota) se manifeste em dois processos abertos contra ele por iniciativa dos deputado Cláudio Meirelles (PTC) e Lêda Borges (PSDB).

O presidente do Conselho de Ética, deputado Henrique Arantes aguarda a manifestação do deputado  do chapéu para definir dos os relatores dos processos, que podem resultar em cassação de mandato por falta de decoro parlamentar.