Lêda diz que Caiado não respondeu às críticas de Marconi: “Não respondeu porque não tem o que apresentar”

A deputada Lêda Borges (PSDB) reagiu aos ataques do governador Ronaldo Caiado (DEM) ao ex-governador Marconi Perillo na missa de encerramento da Romaria de Muquém.

Lêda assinala que Caiado não respondeu as críticas de Marconi à desastrada gestão dele. “Não respondeu porque não tem o que apresentar. Prefere o discurso irresponsável do ódio. É só blá-blá-blá e xingamentos. Continua no palanque, não governa e se mostra totalmente despreparado para a missão”, afirmou.

A deputada disse que Caiado faz ataques para desviar a atenção da paralisia, inércia e incompetência do governo, que persegue adversários e imprensa, massacra servidores e empresários, desmonta programas sociais e destrói tudo que foi feito de bom no Estado, preocupado apenas em olhar com ódio para o passado.

Segundo Lëda, em oito meses, Goiás regrediu 20 anos e vai retroceder mais com esse governo de mentiras, oba-oba e atraso.
“Mas não ficará sem resposta, em respeito à sociedade que já está cansada desse espetáculo deplorável.

Deputada disse que chefe de quadrilha é o governador Caiado, que em menos de 8 meses de governo teve que demitir toda a diretoria da Codego, dois diretores do Detran e um primo seu diretor da Goinfra, em casos nebulosos de corrupção que ele varre para debaixo do tapete, sem dar transparência e explicações à população.

“Muitos outros casos vão surgir, porque Caiado montou uma equipe de parentes e amigos com objetivos não republicanos. Esse governo direciona suas licitações a empresas da Bahia para saquear o Estado. Se realmente existia corrupção ou Marconi fosse chefe de quadrilha , o governador com 8 meses de mandato, auditando e vasculhando todos os contratos da gestão anterior, já teria encontrado alguma coisa”, disse.

Lêda sublinhou que Caiado, por incapacidade, preguiça , incompetência, vaidade e inaptidão para o cargo continua batendo nessa tecla de corrupção sem apresentar nenhuma prova. “É um falastrão, um boquirroto. Deveria explicar as razões da demissão da diretoria da Codego , dos diretores do Detran e da Goinfra. Se existe corrupção em Goiás hoje sabemos onde ela está”, rebateu.

Concluindo, a deputada disse que Caiado deveria pagar dezembro aos  servidores e começar a  trabalhar.

“Governador, por que não te calas? O povo não aguenta mais tanta mentira e conversa fiada”, fuzilou.