Técnica desmente André Rocha: ele diz que usinas de álcool pagam 10% de imposto. Ela, nem 6%

No esforço para garantir aos deputados que o setor sucroalcooleiro devolve a Goiás tudo que o governo investe neles na forma de incentivos fiscais, o presidente da Sifaeg  (Sindicato da Indústria de Fabricação de Etanol do Estado), André Rocha, afirmou nesta segunda-feira à CPI dos Incentivos as usinas de álcool pagam 10% do que produzem em impostos (incluindo o que é retido na Petrobras). Para infortúnio de André, logo depois que ele foi embora da Assembleia falou na Comissão a superintendente de Receita Tributária do Estado, Renata Lacerda, que o desmentiu. Renata afirmou que este percentual não chega a 6%.