Agora: Caiado perde a briga com a Enel e é obrigado a assinar acordo com a empresa, a pior concessionária do Brasil

Caiado perdeu a briga com a Enel. Ele queria a cassação da concessão da empresa para explorar a distribuição de energia em Goiás, mas não conseguiu. Não teve o apoio do governo federal e foi obrigado a engolir um acordo que, convenhamos, é mais uma das tantas promessas em vão da companhia, considerada a pior do Brasil por cinco anos consecutivos. Hoje, o governador assinou o compromisso com a multinacional italiana. Os goianos saíram perdendo.