É grave: vereadora denuncia corrupção na licitação dos sacos de lixo na gestão Iris

A vereadora Sabrina Garcêz (PTB) apresentou nesta terça-feira graves indícios de fraude na licitação da prefeitura de Goiânia para fornecimento de sacos de lixo para Comurg. Entre os apontamentos, Sabrina comprovou que o prefeito Iris Rezende (MDB) comprou sacos de lixo com espessura de 1 milímetro e recebeu outros com 0,7 mm, que são 30% mais finos e, por este motivo, mais baratos.

Outra acusação grave da vereadora é que os sacos que não estão em conformidade com a Comurg estão sendo usados quase todos na região Noroeste da Capital. “Mandam estes sacos para região Noroeste, em vez de mandar para o Centro, porque fica mais difícil a fiscalização chegar. Mas não tem problema, a minha equipe não tem preguiça”. diz Sabrina.

A vereadora também apresentou falhas no processo licitatório, relacionadas à modalidade escolhida, à apresentação obrigatória de amostras na ocasião do certame e de garantias de que a empresa consegue cumprir o contrato. “A garantia só foi entregue sete dias depois de homologada a licitação. E entregou só um recibo do caução mais nada nada”.