Na incrível matemática de Edwal Portilho, da Adial, empresários deixam de pagar, mas arrecadação aumenta. Tá de brincadeira, né?

Tá de brincadeira o diretor da Adial, Edwal Portilho, o Chequinho. Em depoimento na CPI dos incentivos fiscais, ele disse que os incentivos fiscais aumentam a arrecadação do governo. Isso, mesmo. Na incrível matemática dele, os empresários deixam de pagar impostos, mas a receita do governo cresce. Ou seja, 2 menos 2 dá 4.
É muita desfaçatez.