“Falhas” nas licitações da gestão Iris seguem padrão de 30 a 40%, afirma vereadora

A vereadora Sabrina Garcêz (PTB) apresentou denúncias de fraude em licitação de compra de sacos de lixo na prefeitura de Goiânia nesta terça-feira e, com base em outros certames que ela está analisando, Sabrina diz que existe um padrão de “falhas” nestas licitações. Este padrão oscila entre 30 e 40% e se traduz em dinheiro público que escoa pelo ralo.