Vítimas de queda de helicóptero em Buriti Alegre morreram afogadas, diz IML

O site Poder Goiás, em texto de Pedro Lopes, informa que “o Instituto Médico Legal (IML) de Itumbiara informou que as vítimas Miriam Carolina Fontana, 33 anos, e Mickaelly Damasceno, 24, vítimas do acidente com helicóptero, em Buriti Alegre, morreram por asfixia por afogamento. Já Ricardo Magalhães Barros, de 40 anos, que conduzia a aeronave, além do afogamento, também sofreu politraumatismo. Os corpos das vítimas, que residiam em Goiânia, foram liberados do IML por volta das 17h30 deste domingo, 25”.