Projeto “Pipa sem Cerol” encerra as atividades do semestre em Senador Canedo

A Prefeitura de Senador Canedo, por meio da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Mobilidade Urbana realizará na próxima quarta-feira, 28 de agosto, o encerramento das atividades do projeto “Pipa sem Cerol”, que através da Guarda Municipal, Superintendência Municipal de Trânsito, Polícia Militar e Conselho Tutelar percorreram a cidade para orientar e apreender as linhas com cerol ou chilenas, evitando acidentes e mortes. A iniciativa é realizada todos os anos durante o período das férias escolares de julho. O encerramento do projeto será marcado por um concurso de redação, com alunos da rede municipal de ensino, concurso da pipa mais criativa, além da eliminação das linhas apreendidas. A cerimônia será realizada na antiga Estação Ferroviária, a partir das 9h.

Divirta sem riscos

O uso do cerol e da linha chilena é proibido em todo o estado, e atribui responsabilidades cível e criminal aos responsáveis pelos danos causados. A lei municipal, nº 2.041/2017, é um pouco mais rígida, e puni não só o uso, mas a produção, comercialização, armazenamento, transporte e distribuição do cerol, linha chilena ou qualquer material cortante utilizado na linha de empinar pipas. Quem utiliza o cerol pode ser responsabilizado por lesão corporal culposa e perigo para a vida ou saúde de outros. A pena varia de dois meses a 1 ano de prisão.

A brincadeira de empinar pipas é feita geralmente nas ruas, o que pode causar acidentes. É aconselhável que essa prática seja realizada em locais abertos, longe de fiações e do trânsito, como praças, campos de futebol e parques. Caso uma pipa se enrosque em um fio elétrico pode causar choques fatais, além do uso da pipa durante o período chuvoso, pois o brinquedo pode funcionar como um para-raios, atraindo o raio para a pipa.

Serviço

Encerramento do projeto “Pipa sem Cerol

Local: Antiga Estação Ferroviária

Data: 28 de agosto, a partir das 9h.