Governo Caiado não se manifesta sobre truculenta ação da PM no Chorinho

O governo Caiado ainda não ao se manifestou sobre a truculenta ação da Polícia Militar da última sexta-feira (30)  no ‘Grande Hotel Vive o Choro’, o Chorinho, que ocorre desde 2007 no centro da cidade. Nem mesmo depois da forte reação de Carlos Brandão pelas redes sociais, o governador, o secretário da Cultura, Edival Lourenço, nem o comandante da PM falaram a respeito. Frequentadores, artistas e organizadores do evento estão revoltados.