Emenda da Educação: Lissauer descarta votação da PEC de Bruno Peixoto e afirma que matéria teve vício de origem

O presidente da Assembleia Legislativa, Lissauer Vieira, disse que a PEC de Bruno Peixoto, na qual foi anexada a emenda da inclusão dos 2% da UEG nos 25 da Educação, nasceu morta.

Segundo Lissauer, a PEC teve vício de origem e não poderia ter tramitada na Assembleia porque só continha 8 dos 14 votos necessários à sua apresentação.

“A emenda da Educação foi feita nela e, portanto, nada disso tem validade”, assegurou, afirmando que não vai colocar a PEC de Bruno Peixoto na pauta.