Abraço de tamanduá: Bolsonaro atura Caiado e relação não rende nada de positivo para Goiás

Nesta semana, o presidente Bolsonaro mais uma vez pisou em solo goiano. Esteve em Anápolis para entrega de um avião cargueiro para a FAB. Quem outra vez escoltou o presidente, como um verdadeiro sentinela, foi o governador Caiado. Esse não perde a chance de abraçar, tietar e bajular o presidente. Já ficou claro que Bolsonaro está meio de saco cheio da forçação de barra caiadista. A prova de que essa amizade é um teatro consiste no desprezo de Bolsonaro por Goiás. Até o momento, o governo federal não destinou nada para nosso Estado nem ajudou a resolver qualquer problema grave.