No embate com Caiado e a CPI dos incentivos fiscais, Adial de Otavinho, Caramuru, Cesar Helou, Chequinho e José Alves leva um acachapanhe 7 a 1

Comandada pelos megaempresários Otavinho Lage, Alberto Caramuru, Cesar Helou e José Alves e pelo executivo Edwal Portilho (Chequinho), a Adial leva uma acachapante goleada no embate sobre os incentivos fiscais. Agora com o auxílio luxuoso dos jornalistas Jarbas Rodrigues e Bruno Rocha Lima, a entidade coleciona uma sucessão de trapalhadas que contribuem decisivamente para a perda total de apoio da opinião pública à política de benefícios fiscais. Não acertaram, sem exagero, uma sequer.
Se fosse um jogo de futebol, o placar estaria 7 a 1 contra os empresários.