Depois de sacramentar a nomeação de Gracinha, falta resolver a situação funcional do cão Balú, que mora no palácio e viaja nas aeronaves do governo

Resolvido o problema criado pela primeira-dama Gracinha de usurpação de função pública, o governador Ronaldo Caiado debruça agora em outra questão: e a situação do cão golden retriever Balú?

Balú cumpre expediente diário no Palácio das Esmeraldas, viaja nas aeronaves do governo, goza de muitas mordomias, mas não tem cargo no governo.

Não seria também um caso de “usurpacão”?

Um leitor do G24H sugere que Caiado nomeie Balú como chefe do canil do palácio, também sem remuneração, como a primeira-dama.