Projeto inútil: Priscilla Tejotinha propõe que Goiânia e Xinzhou, na China, sejam declaradas cidades-irmãs

Matéria que autoriza o poder Executivo a declarar cidades-irmãs a cidade de Xinzhou, na província de ShanXi, no norte da China e Goiânia, de iniciativa da vereadora Priscilla Tejota (PSD) foi apresentada esta semana em plenário.

O projeto (2019/326) estabelece amizade, relacionamento e a cooperação mútua entre os povos moradores das duas cidades a fim de se firmarem convênios de interesse social, cultural e econômico.

Priscilla ainda sugere que haja troca e cooperação entre os dois municípios nas seguintes áreas: comércio, agricultura, campos de mineração, educação, esporte, cultura, turismo e tecnologia.

“Recentemente tive o privilégio de visitar a cidade de Xinzhou e conhecer as políticas adotadas pela gestão local”, relata a parlamentar adicionando que na ocasião discutiu com os gestores chineses assuntos ligados à saúde, educação, mobilidade urbana, mineração, agricultura, dentre outros.

Ela também citou carta do prefeito local, datada de 30 de maio de 2019, direcionada à Prefeitura de Goiânia em que são abertas possibilidades de intercâmbio entre as partes, “impulsionando a cooperação programáticas nas áreas citadas acima para o desenvolvimento comum”. Para isso, propõe o documento que “sejam estabelecidos contatos regulares entre os serviços competentes das duas partes, a fim de facilitar as consultas sobre as trocas e cooperação”.