Empresários tucanos e emedebistas conspiram e tentam emparedar governo Caiado

Sob a liderança de Otavinho Lage(Adial), Zé Garrote (Grupo São Salvador) e Edwal Portilho, o Chequinho ( ex-candidato a deputado federal pelo MDB), um grupo de poderosos empresários encabeçam uma forte movimentação de bastidores para tumultuar o governo atual e emparedar Caiado. O objetivo é fazer o governador não mexer nas regras dos incentivos fiscais e manter privilégios. O G24H teve acesso a mensagens trocadas em grupos de zap que mostram arraigada oposição à gestão caiadista. Não são raras críticas pessoais a Caiado, acusado pelos empresários de estar deteriorando o ambiente de negócios em Goiás, abrindo caminho para a desindustrialização acelerada do estado. Eles têm convicção de  que o governador não será reeleito por não ser gestor. E já articulam nomes com potencial de ser candidato ao Palácio das Esmeraldas em 2022. No momento, Zé Garrote e Otavinho Lage lideram a bolsa de apostas.