“Estudante” amestrado de Paulo Garcia chia no Facebook, mas admite que é comissionado

O “estudante” de araque Deryck Santana, que apareceu em eventos no Paço Municipal na condição de “diretor da UNE” e deu entrevista à TV Anhanguera louvando o passe estudantil do prefeito Paulo Garcia, defendeu-se em seu Facebook e alegou que está sendo perseguido por um “site marconista”, que estaria interessado em “denegrir imagem” dele.

Grande piada.

A verdade é bem outra. Deryck está tentando tapar o sol com a peneira depois que o blog Goiás24Horas publicou nota informando que Deryck não é estudante coisíssima nenhuma: na verdade, ele é funcionário comissionado da Prefeitura de Goiânia, com salário superior a R$ 9 mil/mensais.

Ao tentar se defender, ele admite que é, sim, comissionado da Prefeitura. E aí sai-se com uma desculpa esfarrapada: diz que ganha um terço do que o blog noticiou.

Ora, não é preciso mais do que isso para configurar a esperteza do Paço Municipal, ao mostrar o prefeito reunido com funcionários comissionados, apresentados como “lideranças estudantis”.

O blog 24Horas desconfiou da malandragem porque estudante que é estudante não elogia ninguém, nem nada. Mas, os “estudantes” de Paulo Garcia desmanchavam-se em elogios ao prefeito, pouco faltando para chamá-lo de “estadista”.

Estranho, não? Tão estranho que era mentira.

Mas, vamos lá. Segundo a lista de funcionários que a Prefeitura colocou no seu site, lá aparece o nome do “estudante” Deryck Santana com o salário de R$ 9.433,80, ocupante do cargo DAS-4, correspondente a uma diretoria da Secretaria da Juventude.

Essa é a verdade. É comissionado da Prefeitura. Ganha supersalário. E fez um papelão, ao querer posar de “liderança estudantil”, quando não passa de claque contratada para aplaudir Paulo Garcia.

Em tempo: o post do blog 24Horas que desvendou a farsa do “estudante” Deryck Santana teve uma disparada de 2.400 compartilhamentos no Facebook.