Exclusivo: Caiado quer vender a Saneago, mas concessão de Anápolis vai ficar de fora

O governador Ronaldo Caiado quer vender ações da Saneago na bolsa de valores, mas não poderá contar com os ativos da empresa em Anápolis.

Ação proposta pelo Ministério Público (MP) pede que a prefeitura assuma os serviços de água e esgoto no município ou faça licitação.

Mesmo que o prefeito Roberto Naves quisesse, não poderia renovar a concessão da Saneago, mesmo porque o contrato assinado pelo então prefeito Adhemar Santillo com a empresa é ilegal, alertam advogados ouvidos pelo G24H.

Leia a íntegra da ação proposta pelo MP que questiona a concessão da Saneago em Anápolis, cujo autor inicial foi o ex-prefeito Ernani de Paula:

https://drive.google.com/file/d/1RwDaR3i76LFvesOV_rHNaM_AKeaKB95Z/view?usp=drivesdk