Prefeito de Jaraguá descarta piso salarial e oferece apenas 1% : professores vão à greve

Em entrevista a uma rádio de Jaraguá, o prefeito Zilomar Oliveira antecipou que não cumprirá a lei do piso dos professores, daria apenas 1%, sem garantia alguma para o cumprimento integral da lei. O Sintego tinha a esperança que tudo se resolvesse, não precisando iniciar uma greve.

O problema é que Zilomar nem compareceu à reunião, mandou apenas o procurador da prefeitura para avisar que o prefeito daria apenas 1%.

O Sintego, por meio da sua presidente local, a professora Rosária Nogueira, convocou reunião da categoria no início da noite da sexta-feira (6), e repassou a proposta do prefeito Zilomar. A indignação tomou conta e, por unanimidade, os professores da rede municipal decidiram pela greve. Desta vez, em definitivo, para iniciar a partir de segunda-feira (9).