EXCLUSIVO: preso nesta quarta, presidente da Câmara de Formosa pode pegar até 8 anos de cadeia

Preso nesta quarta-feira em função de uma operação do Ministério Público que investiga atos de improbidade administrativa, o presidente da Câmara Municipal de Formosa, Edmundo Nunes Dourado (conhecido na cidade como Mundim) pode pegar até oito anos de cadeia. Ele responderá por crime de improbidade administrativa, que prevê suspensão dos direitos políticos, perda do cargo e proibição de contratação com o poder público, assim como reparação dos prejuízos e pagamento de multa.