CPI dos Incentivos Fiscais: Aidar denuncia que empresa prometeu criar 500 empregos e só abriu 100 vagas

De acordo com Aidar, em entrevista ao site Mais Goiás, um dos casos que mais chama atenção da CPI dos Incentivos Fiscais é o de uma empresa que prometeu gerar 500 vagas de emprego e abriu apenas 100 vagas. Outra, segundo ele, não abriu sequer uma única vaga.

“O que vemos são empresas que não cumprem o contrato. Isso é crime, um absurdo. Acontece que o Estado doou muito nos últimos 20 anos e a contrapartida foi muito pequena. Diversas empresas não cumpriram a promessa de geração de empregos, não foram penalizadas e continuam recebendo incentivo”, disse.