Em Cavalcante, Caiado mistura-se aos pobres… mas só para fazer vídeos e gravar entrevistas

O governador Ronaldo Caiado faz qualquer negócio para aparecer bem na fita, até mesmo posar de pai dos pobres e se misturar aos carentes da comunidade calunga, no nordeste goiano.

Pois foi isso que Caiado fez neste domingo (15) em Cavalcante: para gravar entrevista e fazer vídeos paras redes sociais, o governador deu uma de bom samaritano e fez média até carregando no colo crianças calungas.

Adversários de Caiado dizem que ele não gosta de pobre e teria chegado a propor a esterilização de mulheres nordestinas, fato que constou do livro Na toca dos leões, de autoria do escritor Fernando Morais, que narra a história da agência publicitária W/Brasil.