Bolsonaro deixa hospital, mas só reassume presidência na quinta-feira

Bolsonaro só deve assumir a Presidência da República na quinta-feira, 19. Até lá, o presidente em exercício é o general Hamilton Mourão. A previsão era de que Bolsonaro retomasse o cargo nesta terça-feira, 17. Segundo o porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, a decisão foi tomada por orientação médica, para que Bolsonaro tenha “um descanso maior e uma recuperação mais rápida.”

Nesta segunda-feira, Rêgo Barros confirmou também que está mantida a viagem de Bolsonaro a Nova York, onde ele discursará na abertura da Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) no dia 24 de setembro. A ida do presidente, no entanto, foi adiada do dia 22 para o dia 23. O retorno está previsto para o dia 25, depois de uma parada no Texas para, segundo Rêgo Barros, encontrar-se com empresários ligados ao setor militar.