Presidente da Câmara Municipal de Goiânia denuncia pressão do setor imobiliário na votação do Plano Diretor

O presidente da Câmara Municipal de Goiânia, Romário Policarpo (Patriota), usou a tribuna da Casa há pouco para denunciar a pressão do setor imobiliário sobre vereadores na tramitação do plano diretor. “Grupos que resolveram as suas vidas no plano agora tentam criminalizar a Câmara, dizendo que se o projeto for alterado os vereadores serão presos”, afirma. “Formalmente, a mesa diretora enviará ao Ministério Público e Polícia Civil um pedido de apuração sobre como como o plano foi feito. Porque vira lata, quando late, é porque o dono mandou”.