PSL de Anápolis acusa Caiado de virar as costas para o partido, apesar do apoio dado na eleição

Os três principais representantes do PSL de Anápolis são unânimes ao reclamar do governador Ronaldo Caiado (DEM). São eles: o presidente do diretório municipal do partido, Edson Tavares; o delegado aposentado Humberto Evangelista; e a vereadora Thaís Souza. Em entrevistas a rádios de Anápolis, os três acusam Caiado de virar-lhes as costas, apesar do apoio dado na eleição. A rádio Manchester perguntou ao deputado federal Delegado Waldir (PSL) se ele concordava com as reclamações. Waldir respondeu: “Eles têm total razão. O compromisso do governador era não só com o PSL de Anápolis, mas do Estado todo. E ele deu um chute no traseiro do PSL. Interessa ao governador manter apenas o apoio dos deputados estaduais que dão voto para ele. Houve uma troca de cargos por apoio político. O governador age de forma covarde com o partido”. Ouça abaixo a entrevista na íntegra.