Goiás Parcerias, que gastou R$ 400 mil com advogado, já tem assessor jurídico em cargo comissionado

Denunciada pelo jornal O Popular nesta quinta-feira (20) por gastar R$ 400 mil, sem licitação, com um escritório de advocacia de Taquaral, cidade do ex-senador Wilder Morais, a estatal Goiás Parcerias já tem um assessor jurídico lotado em cargo comissionado: Thiago Montelo de Sousa. A Goiás Parcerias é comandada por Eduardo Macedo (foto), presidente de um partideco que apoiou Caiado na eleição.