Funev: Desembargador que autorizou OS a administrar Huana foi ligado à fundação, denuncia site

O site Mais Goiás diz que “um dos desembargadores responsáveis pela decisão judicial que autorizou a Fundação Universitária Evangélica (Funev) a administrar Hospital de Urgências de Anápolis (Huana) teve ligações com a fundação. Marcus da Costa Ferreira foi professor do Centro Universitário UniEvangélica, instituição ligada à Organização Social (OS)”.
Ainda segundo o site, “tanto a universidade quanto a fundação estão vinculadas à Associação Educativa Evangélica (AEE), entidade que administra 10 instituições de ensino. Marcus era professor vinculado à associação desde 2001. De acordo com a Unievangélica, ele não integra mais o corpo docente’.

A decisão foi votada e aprovada no início da tarde desta sexta-feira (20), pela 5ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO). O relator do processo, desembargador Guilherme Gutemberg Isac Pinto, foi contrário ao deferimento do mandado de segurança, mas foi voto vencido.