Em editorial, Popular defende a manutenção da mamata dos incetivos fiscais

O Popular abriu campanha em favor da manutenção da mamata dos incentivos fiscais. Na edição deste domingo, o jornal da família Câmara defende o que chama de “segurança jurídica” para a permanência das regalias de um grupo privilegiado de empresários. Curioso é que na mesma edição o jornal não se preocupa com a “segurança jurídica” das regras da aposentadoria e faz matéria em favor de cortes de direitos dos servidores públicos.
Defende, portanto, tirar dos pobres funcionários para dar aos ricos empresários.