Risco de paralisação: UFG tem dívida com fornecedores estimada em R$ 16 milhões

O reitor da UFG, Edward Madureira, deu entrevista à rádio Sagres nesta segunda-feira e explicitou a situação grave que vive a universidade. O governo federal contingenciou recursos das universidades e agora a UFG corre risco de paralisação de suas atividades devido às dívidas milionárias com fornecedores. O valor, acumulado entre junho e setembro, é de R$ 16 milhões.

“Nós chegamos, nesse momento, com vários dos nossos contratos de fornecedores com atrasos entre três e até quatro meses, que a gente vinha com o orçamento que já era insuficiente”, disse. “Esse bloqueio de recursos excepcionalizou a rubrica de assistência estudantil e nós vivemos os dois últimos meses praticamente sem nada que o orçamento, pagando as bolsas de assistência estudantil e não pagando os fornecedores”, completou.