Fio Direto: Aidar diz que não fecha a conta dos incentivos fiscais da Jalles Machado

Na coluna Fio Direto, do Diário da Manhã, o deputado Humberto Aidar, relator da CPI dos Incentivos Fiscais diz que, no caso da Jalles Machado, por exemplo, a carga tributária de ICMS é de 2.32%, menor que uma empresa optante do Simples. Aidar diz que o valor do benefício ultrapassa “qualquer linha de razoabilidade, pois se trata de uma megempresa pagando menos impostos que micro e pequenas empresas. “Isso é justo?”, indaga ele.