Na tribuna da Assembleia, Talles denuncia mudança suspeita na cobrança de diárias do Detran

Na tribuna da Assembleia, o deputado Talles Barreto denunciou mudança suspeita na cobrança de diárias do Detran. Ele lembrou que há 60 dias o governador Ronaldo Caiado prometeu isenção de taxas de pátios do Detran para carros apreendidos. Mas, há 60 dias sua equipe de governo tem trabalhado arduamente para costurar um projeto de total desrespeito com o contribuinte.

A jogada é a seguinte: apreender veículos e cobrar 6 vezes mais do que o preço atual nas diárias nos pátios do Detran. O G24H, com o auxilio de um economista embasado na portaria de credenciamento, fez uma simulação desse aumento no caso de um carro de passeio, que antes de ir a leilão ficaria 90 dias no mínimo no pátio. O valor cobrado atualmente somando guincho, quilômetros rodados e diárias, com uma distância de 200 km de Goiânia, seria de R$ 655,80.

Com a portaria de credenciamento publicada no Diário Oficial do dia 22 de agosto de 2019, esse valor vai subir para R$ 4.201,00. Hoje, as diárias para carros de passeio custam entre R$ 5,62 e R$ 28,07. Com o novo credenciamento, o preço cobrado pela diária ficaria em R$ 38,00. Em Goiás, existem aproximadamente 40 mil veículos apreendidos. Se o valor cobrado for R$ 38,00 reais por exemplo o faturamento chegaria a R$ 45,6 milhões por mês. Essa dinheirama arrancada dos bolsos do contribuinte possivelmente iria para uma empresa forasteira que está por trás desta tramoia. Isto sem contar que o preço para motos passará de R$ 1,14 para R$ 23,03 ao dia e o valor do guincho de R$ 105,00 para R$ 261,00.  Uma empresa do Espírito Santo chamada Gestto já ficou conhecida nos gabinetes do Detran e do Palácio. Não se assustem se a Gestto for comtemplada com esta bolada.