Imprudência: mesmo com estado crítico, Agência Prisional quer remover João de Deus de hospital

Mesmo diante do crítico estado de saúde do médium João de Deus, que chegou ao Hospital Municipal de Aparecida, a Agência Prisional está querendo levá-lo para outro hospital dizendo que não tem segurança no estabelecimento. A defesa argumenta que o médium está em condição precária, tem mais de 80 anos e corre risco com a remoção. E atribui a responsabilidade à agência no caso de uma ocorrência mais grave.