Corpo de goiano que morreu na Bélgica é sepultado em Anápolis

O corpo do goiano, Igor Victor de Oliveira Alves, de 24 anos, foi sepultado neste sábado (28), em Anápolis. O jovem morou por quase um mês em Bruxelas, capital da Bélgica. Igor morreu no dia 12 de setembro deste ano, vítima de meningite bacteriana.

Após a espera ansiosa de familiares e amigos, que durou 17 dias, este sábado foi um dia difícil, mas também de alívio. Principalmente para os pais do Igor, por finalmente conseguir se despedir do jovem goiano, depois de toda a luta para arrecadar o dinheiro necessário para o transporte do corpo.

Só para trazer o corpo do jovem goiano ao Brasil, a família precisava de R$ 50 mil num prazo de 15 dias para conseguir o valor. Se não tivesse conseguido juntar essa quantia no tempo estipulado pelo hospital, a família não sabe o que teria acontecido com o corpo de Igor.

A ajuda financeira veio através de doações de amigos e uma campanha virtual feita pela familía do jovem na internet. O corpo chegou em Brasília, ontem a noite (27/9). Já o velório do rapaz, foi na manhã de hoje e o enterro, logo em seguida no Cemitério Parque, em Anápolis.

Morte cerebral

O jovem goiano morava em Anápolis e viajou com o intuito de ter uma vida melhor na Bélgica. Ele embarcou para o país europeu no dia 16 de agosto deste ano. Familiares do rapaz contam que ele teria passado mal ainda no avião. Sem apresentar melhoras, Igor foi levado para um hospital de Bruxelas. E diagnosticado inicialmente com sinusite.

Os médicos chegaram a suspeitar de meningite, porém não deram um diagnóstico certo. A irmã do goiano, Lorraine, chegou ao hospital na quinta-feira (12), horas antes de o irmão falecer, constatada a morte cerebral.

Igor era um jovem cheio de sonhos e tinha ambição de conseguir um bom emprego. Estudante de Direito na PUC Goiás, o rapaz havia trancado a matrícula há algum tempo para realizar seus sonhos na Bélgica.