BOMBA Caiado propõe redução de salário do servidor para adequar folha à decisão do STF

Com a desculpa de evitar demissões, Caiado quer reduzir carga horária e salário do servidor público estadual  como medidas de adequação a decisão que suspendeu as emendas 54 e 55 da Constituição do Estado. Após audiência no Supremo Tribunal Federal (STF), hoje, Caiado (DEM), disse que uma das alternativas apresentadas pelo ministro Alexandre Morais para evitar demissão em massa em Goiás é a adoção desse pacote de maldades contra o funcionalismo. Não é de hoje que o governador insiste nessa ideia.

Ele, inclusive, já recorreu à suprema corte com esse mesmo objetivo, mas perdeu. Agora, volta a carga de novo.