Caiado torrou R$ 9,5 milhões em diárias nos 10 meses de governo, incluindo ajuda de custa para Gracinha e comitiva irem a Roma assistir à canonização de irmã Dulce

Deu na coluna Giro (O Popular): dados do Portal da Transparência mostram que o governo Caiado torrou R$ 9,5 milhões em diárias de servidores entre 1º de janeiro e 11 outubro de 2019. Entre os gastos anotados, aparecem ajudas de custos de quase R$ 60 mil para a primeira-dama Gracinha Caiado, a diretora geral da OVG, Adryanna Caiado e o assessor Marcos Vargens irem ao Vaticano assistir a canonização da irmã Dulce representando o governador Ronaldo Caiado.

Gracinha acabou não seguindo viagem em razão da doença de Caiado, mas ainda não devolveu os R$ 19,1 mil que embolsou.