CRISE NA SEGURANÇA: Delegado Eduardo Prado exige fim dos privilégios da PM e tratamento igualitário à Polícia Civil

O deputado estadual Eduardo do Prado (PV) está a um fio de cabelo de perder a paciência com o governador Ronaldo Caiado (DEM). Na tarde desta quarta-feira, Eduardo disse que não aceita mais Caiado dar privilégios à Polícia Militar em detrimento da Polícia Civil. “Nada justifica o incremento de 30% na promoção de praças da PM enquanto os 120 delegados da Civil esperam chamamento. Eu não vou coadunar mais com isso, até porque a PC está muito perto de desanimar de vez”.