Jornalista critica conduta da secretária de Comunicação de Caiado

Em post nas redes sociais, a jornalista Mena Marangoni desferiu críticas duras à conduta da secretária estadual de Comunicação, Valéria Torres.

Mena reclamou que Valéria Torres a censurou, mandando apagar um comentário que fez no WhatsApp.

“Será que a ditadura já chegou a Goiás” – perguntou a jornalista, que disse que a secretária forasteira é de Recife e não conhece os profissionais de comunicação goianos.

Mena afirmou que a Secretaria de Comunicação sempre foi aberta em Goiás, mas com Valéria Torres isso mudou. “Niinguém tem acesso a ela, que fica trancada no 10o. andar e demora 30 dias para marcar uma agenda”, criticou.

A jornalista concluiu o post assinalando que “tem certeza que o governador Caiado e a primeira-dama Gracinha não sabem da postura horrível da secretária de Comunicação.

Leia a íntegra do post da jornalista Mena Marangoni: