Presidente do Sintego diz que professor sofre falta de reconhecimento

Presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Goiás (Sintego), Bia de Lima sobe à tribuna durante a sessão solene em homenagem ao Dia do Professor. Ela ressalta o trabalho da deputada Delegada Adriana Accorsi (PT) a favor dos professores, salienta o desempenho do deputado federal Rubens Otoni (PT) e aborda a reforma da Previdência.

“Queremos que haja reconhecimento para quem deu de si o melhor. Queremos que os poderes reconheçam na prática a importância do profissional de educação”, cobra a representante da categoria.

Bia Lima ressalta o trabalho e dedicação dos profissionais e a importância do que fazem. “Nós fazemos o melhor”, reitera, sem deixar de pontuar o posicionamento do governo estadual em relação aos direitos dos professores. “Os tempos são tão difíceis, que temos que lutar não para ganhar, mas para não perder os direitos”, reclama a presidente do Sintego.

Ao final, Bia aponta a falta do reconhecimento salarial e social, o que tem provocado desinteresse nos jovens de seguirem a carreira de professor. Além de ressaltar a falta de respeito que é registrada por meio de situações de violência contra professores dentro de escolas. “Gostaríamos de comemorar, mas se não temos o que comemorar, vamos homenagear”, finaliza.

A solenidade tem lugar no plenário Getulino Artiaga da Casa de Leis, na manhã desta sexta-feira, 18.