OPINIÃO Café com Pimenta: Caiado deve satisfação sobre a falta de solução para o problema da água em Anápolis

O Governador Ronaldo Caiado (DEM) tem a obrigação de dar uma palavra, uma esperança aos seus conterrâneos sobre a questão da água em Anápolis. Além de ser filho da cidade, ele teve 70% dos votos na última eleição em Anápolis.  A última vez que Caiado esteve na cidade foi para inaugurar um estacionamento e brincar de andar de bicicleta com o prefeito Roberto Naves.

O fato é que  a população não aguenta mais o descaso da Saneago com a cidade e exige uma resposta do governador.

Na quinta-feira (17),  o presidente forasteiro da Saneago, Ricardo Soavisnki, participou de audiência pública na Câmara de Vereadores de Anápolis. Foi puro deboche e virou chacota nas rodas políticas a declaração de Soavisnki de  que vai dobrar a produção de água… pasmem em… 2070.

O prefeito não compareceu à audiência pública  porque foi para Campos de Jordão, onde deve ter aproveitado para tomar banho.

O Democratas está desmoralizado em Anápolis depois da exoneração da diretoria da CODEGO.  O próprio Caiado nomeou, exonerou e até hoje a cidade não sabe a verdade deste assunto.

Tinham  três  deputados presentes na audiência pública:  um é militar, entende de farda, revólver, cassetete, e nada de água; o outro esta deslumbrado com o mandato e mais parece aqueles meninos de calça curta brincando de ir pra escola chupando picolé de groselha.

O único que falou duro e sabe o que fala, foi o deputado Antônio Gomide, que cobrou direto e reto uma solução para o problema da água em Anápoilis

Os vereadores, coitados…  os que sabem falar ficaram mudos e os que sabem escrever ouviram calado as besteiras do presidente da Saneago.

Uma pena ver a cidade, ser comandada por pessoas tão despreparadas.