Violência na Grande Goiânia: motoristas de aplicativo vivem dias de pânico com tentativas de assassinato e mortes

O mês de outubro ficou marcado pela violência vivida pelos motoristas de aplicativo na Grande Goiânia. Nos últimos dias, houve mais assaltos e tentativas de assassinato. O caso mais grave foi o de Carlos Augusto. O jovem era estudante de Direito e fazia de trabalho de motorista para complementar a renda. No dia 14 de outubro, ele foi assassinado após reagir a um assalto, em Goiânia.

Ouça aqui matéria da CBN sobre a violência contra os motoristas de aplicativo