Moradora que ajudou irmãs estupradas conta como elas foram achadas e se indigna com o major da PM preso, diz site

O site G1/Goiás informa que “uma moradora de Rio Verde, que ajudou as duas irmãs de 11 e 12 anos sequestradas e estupradas, disse que as garotas foram achadas assustadas, descalças e com fitas adesivas no corpo usadas para amarrá-las. O principal suspeito do crime já está preso, o major da Polícia Militar Cristiano Silva de Macena”.
Veja a reportagem completa da TV Anhanguera: