Bruno Covas, prefeito de São Paulo, é diagnosticado com câncer no trato digestivo

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), de 39 anos, recebeu diagnóstico de câncer no trato digestivo com metástase e terá que passar por quimioterapia. O diagnóstico foi divulgado nesta segunda-feira (28) em coletiva de imprensa no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. O adenocarcinoma está localizado na área de transição entre o esôfago e o estômago – chamada cárdia-, e que se expandiu para lesões no fígado e nos linfonodos.

Covas iniciará o tratamento contra o câncer em um período de 36 horas. Este tipo de tratamento normalmente é ambulatorial, mas o prefeito deve permanecer internado ao menos até sexta-feira (1º) por apresentar também embolia pulmonar. O prefeito procurou cuidados médicos no sábado (19), quando sentiu-se mal, passou pelo pronto-socorro do hospital Albert Einstein e começou a fazer tratamento com antibióticos.

Como o resultado não foi o esperado, ele se dirigiu ao Sírio-Libanês na quarta-feira (23), quando recebeu o diagnóstico de erisipela na perna direita.

Nesta segunda, Covas escreveu texto sobre o assunto em suas redes sociais. “Não tenho dúvidas que vou vencer esse desafio. Quero agradecer as centenas de mensagens que tenho recebido de inúmeras pessoas. Ajuda muito a atravessar a tempestade”, escreveu.