Gomide diz que municípios menores pagarão o pato e terão tarifas aumentadas com venda dos 49% das ações da Saneago

Em artigo na edição desta terça-feira (29) do Popular, o deputado Antônio Gomide (PT) adverte que a venda de 49% das ações da Saneago implica diversas preocupações, notadamente porque haverá como nunca aconteceu antes uma intervenção de natureza comercial na empresa.

Segundo Gomide, sendo a Saneago uma empresa de subsídio cruzado, em que os municípios mais rentáveis contribuem no provimento de serviços nas cidades menores, a inserção de caráter comercial criará um risco a esses municípios, que poderão ser afetados como aumento de tarifas.

“É preciso lembrar que 80% das cidades goianas têm até 20 mil habitantes, que podem acabar pagando mais para ter os serviços prestados”, alerta.

Gomide diz que processo da venda das ações da Saneago precisa ser debatido com profundidade para não repetir os mesmo erros registrados na venda da Celg.