Iris: Goiânia não vai aderir à de reforma da Previdência de Caiado

Questionado pelo Diário de Goiás se a prefeitura de Goiânia vai aderir à proposta de reforma previdenciária do governador Ronaldo Caiado, o prefeito Iris Rezende (MDB) disse que não vê necessidade de aderir à proposta, já que a capital está numa situação mais tranquila e com a situação fiscal equilibrada.

Iris assinalou que prefeitura fez uma reforma previdenciária em setembro de 2018. “A prefeitura fez aquilo que lhe competia, cuidar da previdência na área municipal. São quase 60 mil servidores que hoje estão todos acomodados e se sentem contemplados pelo que nós instituímos na posse do nosso mandato de prefeito”, sublinhou.

E completou: “A prefeitura já caminhou na frente e implantou o seu modelo de previdência com algumas resistências, mas hoje você não nota uma queixa sequer, o próprio funcionário público cuida do seu instituto de previdenciário.”