Caiado se omite, fica calado e não diz nada sobre onda de violência contra motoristas de aplicativo

O governador Caiado vem se omitindo diante da onda de violência contra motoristas de aplicativo na Grande Goiânia. No mês de outubro, dois motoristas foram assassinados. O último caso aconteceu esta semana. Fábio Júnior Oliveira pegou uma corrida em Senador Canedo e foi encontrado morto em Varjão.

Desde o começo da semana, associações e motoristas realizam protestos por mais segurança na profissão. Hoje, os motoristas foram até a porta do Palácio Pedro Ludovico e a porta da Secretaria de Segurança Pública.

Caiado segue omisso e nada diz sobre as mortes.